terça-feira, 12 de março de 2013

Desabafo de mãe


Tenho dias em que a paciência me falta, e muito. Enquanto mãe, posso dizer isto? Posso, não posso?  Porque é exatamente nesta tarefa, que sinto perder a santa calma. Que me desculpem desde já, os pais que conseguem falar baixinho e mansinho todo o tempo. Sinceramente, adorava ser assim. Mesmo. Mas, há dias em que a sanidade me escapa por completo.

A minha M é mexida como tudo! Não pára! Acreditem. Hora está a saltar em cima do sofá, hora está a acender e a apagar as luzes, hora está a saltar no meu colo, enquanto tenta arrancar 98 cabelos meus. Dá-me tapas, e crava as unhas na minha bochecha, dando altíssimas gargalhadas. Grita, estridentemente, centenas de vezes em 24 horas. Não adianta ensinar que não, com calma ou sem calma. Nenhuma das receitas resultou, para já.

"Oh, mamã! Salta!"
 "Oh, mamã! Lê!"
"Oh, mamã! Dá bolacha! Pão! Coiate! Massa! Arroz! Batata!". 

Sim, isto por aqui é a pedir seguidinho, umas delícias atrás das outras, e a qualquer hora do dia. E se eu digo: "Não, porque é hora do leite...", lá está aquele dedo minúsculo no ar, a abanar, enquanto a cabecinha se pôe de lado... "Nã-não! Sopa!". Oh pá...não há paciência...o que vale, é que a criança é gira, e é minha filha...pronto. Senão...ai, senão...nem sei!

Se quero cozinhar, pede colo. Se quero tomar banho, diz que não e pede para pintar. 

"Oh, mamã! Senta! Pinta!"

Estou numa onda de fazer planos, telefonemas, contactos importantes. E simplesmente não o consigo fazer em condições! Hoje, sentei numa poltrona e contei o tempo em que a minha menina ficava calada. Nunca, nunquinha, passou dos 10 segundos. Mas isto é normal? Digam daí, mães experientes...é que ela não para! Sempre a subir e a descer das cadeiras, a passar por baixo delas, a puxar por tudo o que vê pela frente. Já aí, ao fim do post, podem ver o retrato da minha sala. Estava arranjadinha, eu juro! Mas eu, tola que sou, fui cozinhar e deixei a cria à solta. Enfim...

Sempre me disseram que toda Matilde é uma espalha brasas...e esta, é um autêntico exemplo! Verdade seja dita, acredito na força dos nomes que escolhemos...afinal, é a primeira identidade. Matilde quer dizer "guerreira que luta com energia". O que é que eu podia estar à espera? :p

A maioria das pessoas, a incluir na lista o meu marido, não acredita que eu chego ao fim do dia destruída e acabada. Sorry, babies...só saberiam mesmo, se estivessem na minha pele. 

Beijinhos de boa noite, porque vou a correr para a cama. ;)





Para seguir esta mamã no Facebook, é AQUI.

13 comentários:

  1. Respostas
    1. hahaha...mas tu tiveste sorte...porque eu era uma santa!

      Excluir
  2. Lol, a tua sala parece a minha quando passa por lá o furacão Vitória (a minha filha). Estava a ler o teu desabafo e a pensar para os meus botões " é igualzinha à minha...". A minha tb destrói td por onde passa e dá-lhe mt gozo ouvir o barulho dos brinquedos a cair no chão... olha isso passa, faz parte da idade. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha...então também há gente com uma sala destas! Lol!
      Eu não percebo, porque ela faz a tal destruição tão rápido...não pode ser a brincar, é mesmo para espalhar tudo e ver como fica! Lol!
      Um beijinho grande!

      Excluir
  3. Todas as crianças gostam de mexer, saltar, pular, descobrir...umas mais que outras é certo, mas todas gostam. A minha filha também é muito mexida e também pede colo quando vou cozinhar, quando eu consigo finalmente sentar-me no sofá para 5 minutos de descanso vem pedir-me para ir brincar com ela, chama por mim...abre as gavetas todas, na sala, cozinha ou quartos, tira tudo do sitio (tive que reformular algumas coisas em casa, não só pelo perigo, como também para não ter muita coisa nas gavetas mais acessíveis). Deixa a sala virada ao contrário...mas acho que tudo isto é normal, ainda que muuiiiitttto cansativo e há dias e dias, dias em que aguentamos e toleramos melhor que outros; faz parte, estão na fase da descoberta e de perceber também os nossos limites!!! Mas acho que dentro do género são brincadeiras e desarrumações toleráveis. As minhas amigas queixam-se do mesmo já ouvi relatos (principalmente de rapazes) bem piores. Beijinho (e muita paciência)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, M...juro que com todo este retorno de vocês, mães, está a deixar-me mais conformada...Estava mesmo a pensar q tinha um diabrete em casa! lol! Mas isto, é qd estou já desesperada...porque na maior parte dos dias, vou tendo muita paciência...mas fico aflita qd não consigo fazer NADA! Ehá dias mesmo assim...ontem foi um deles. :p Disseste uma coisa interessante...acho mesmo que ela está numa fase de testar os meus limites, e por isso aperta-me a cara...lol. Quando vê a minha reação, para. Mas logo volta a fazer, para ver se me chateio outra vez. é uma fase curiosa, mesmo de descobertas...e para quem está 24h nisto, é difícil não sentir q está a enlouquecer...hehehe
      Um beijinho mt grande!

      Excluir
  4. Respostas
    1. lol! BEM VINDA AO CLUBE! ;)
      Beijocas cá de casa

      Excluir
  5. A minha Maria tambem anda demais...a minha sorte é que quando o pai chega a casa por volta das 18.00 ela fica doida com o pai e então eu aproveito e fujo,corro sei lá ahahah se elas tivessem um botãozinho ON/OFF....eu arrumo a minha sala mais de 5 vezes ao dia...é por isso que ainda tenho o parque montado pois quando preciso de tomar banho ou qualquer coisa do género coloco-a lá um poquinho mas depois começam os berros...tive que mudar completamente a minha sala pois ela subia para o movel de Tv depois sofá e subia a messa tambem...um dia entrei na sala e ela andava em cima da mesa a brincar...eu ia morrendo do coração! ser mãe a tempo inteiro ñ é facil mas........Adoro! beijinho caloroso de nós para familia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha...o que eu me ri com esta "solução"...a minha tb já começou a "atacar" o pai, e é aí que me dá algum sossego. Mas ele trabalha imenso, e chega tarde...por isso, quando entra em casa, já eu estou enlouquecida! lol...
      A minha não sobe na mesa, e agr até fiquei assustada com a possibilidade! :o
      Beijinhos enoooormes! ;)

      Excluir
  6. Ao que parece, hoje estou em dia de descobrir blogs fantásticos.
    Pois é, sou mãe de um reguila de quase 2 aninhos... a verdade é que não te poderia compreender melhor. Este fim de semana passado tive um batizado e cheguei ao final do dia estoirada... não sei onde puto me vai buscar tanta energia - eu costumo dizer que ele tem pilhas duracel.
    E por vezes é triste, mas parece que as pessoas não percebem - a menos que tenham filhotes pequenos também.
    Ai ai... a cama nunca mais chega hoje :P
    Beijinhos e prazer em conhecer-te :)

    ResponderExcluir
  7. Por aqui é igualzinho!!!!!
    Duas pestinhas a querer atenção ao mesmo tempo e a levar o caos a todo o lado!
    ...mas são o melhor do mundo!!!

    cafecanelachocolate.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Been there done that! É assim, quem gosta de ver os filhos parados e quietos?Cá em casa isso significa estar doente!! Portanto prefiro que salte, que pinte, que faça puzzles, que peça tudo e não queira nada, mas é sinal de saúde e vida!
    Ontem sai e fui curtir com ela para a piscina e com o amiguinho D. e as minhas amigas, e foi tão bom vê-la pular, saltar, brincar e chegarmos as 2 estouradas, mas quando é em casa...desgasta tanto, como eu te entendo! E explicar ao pai que chega Às 21h para jantar que estou cansada?!! Pois, se estivemos em casa, como estamos cansadas?Pois, mas trabalho de Mãe é duro!!

    ResponderExcluir